Conteúdos científicos elaborados e validados por:
Maria Teresa Egídio Mendonça, MD
Fernando Vilhena de Mendonça, MD

Quando sair de casa:

À medida que a sociedade e as empresas reiniciam atividades, devemos retomar as atividades diárias da forma mais segura possível.
    • Não é possível garantir risco zero de infeção.
    • É importante compreender os riscos potenciais de infeção e saber como adotar diferentes tipos de medidas de prevenção para se proteger e ajudar a reduzir a propagação da COVID-19.


O QUE PRECISA SABER

  • Em geral, quanto mais perto interagir com outras pessoas e quanto mais prolongada for essa interação, maior o risco de contágio da COVID-19.
  • Se decidir participar em atividades fora de casa, mantenha as precauções diárias de segurança.
  • Mantenha à mão quando decide sair de casa: máscara facial de tecido (comunitária), lenços de papel e um desinfetante de base de álcool.


QUANDO SAIR DE CASA, PONDERE:

    • Com quantas pessoas irá interagir?
      •  Interagir com maior número de pessoas aumenta o risco.
      •  Estar num grupo com pessoas que não mantêm o distanciamento social ou não usam máscara comunitária aumenta o risco.
      •  Conviver com “novas” pessoas (por exemplo, pessoas que não vivem consigo) também aumenta o risco.
      •  Algumas pessoas têm o vírus e não apresentam sintomas e   podem transmitir o vírus a outros.
    • Será possível manter cerca de dois metros (2 m) de distância entre as pessoas? Estará ao ar livre ou dentro de casa?
      •  Quanto mais perto estiver de outras pessoas que podem estar infetadas, maior o risco de ficar doente.
      •  Manter distância de outras pessoas é especialmente importante para indivíduos com maior risco de doenças graves, incluindo idosos e pessoas com doenças crónicas.
      •  Os espaços fechados apresentam maior risco que os espaços exteriores; nos espaços fechados também pode ser mais difícil manter distanciamento e ventilação.
    • Qual o período de tempo em que estará em contacto com as outras pessoas?
      •  Qual o período de tempo em que estará em contacto com as outras pessoas?
      •  Passar mais tempo com pessoas que podem estar infetadas aumenta o risco de você ficar infetado.
      •  Passar mais tempo com outras pessoas aumenta o risco de serem infetadas por si, se existir a possibilidade de você já estar infetado.

Disponível em:
https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/daily-life-coping/deciding-to-go-out.html

21 de abril de 2020.

Siga-nos nas redes sociais

Produção de conteúdos científicos | ilustração científica | design gráfico e editorial apps e soluções digitais | comunicação e eventos | new media

AV. Prof. Dr. Fernando da Conceição Fonseca n.41-A
2745-767 Queluz-Massamá

atelier@circulomedico.pt
+351 966 276 461

Desenvolvido por Círculo Médico® 2020